RC Livramento lança campanha para ajudar o jovem Matheus

Matheus tem 19 anos e precisa de uma cadeira de rodas motorizada para auxiliar na locomoção, pois sofre de uma doença chamada “Duchenne”, uma doença hereditária e degenerativa, que é causada pela ausência de uma proteína essencial para os músculos.

Veja abaixo a história do menino Matheus:

“Oi, meu nome é Matheus Minatti, tenho 19 anos, moro em Corupá, Santa Catarina e vou contar um pouco da minha história para vocês: aos 4 anos de idade, meus pais Rosane Minatti e Ivo Minatti sempre ficavam muito preocupados pelo fato de eu ser uma criança “mais lenta”, demorei muito a aprender a andar, sentia muitas dores nas pernas após correr e brincar, tinha uma certa dificuldade no subir e descer. Enfim, os levou a procurar ajuda médica para entender o que de fato havia comigo. Foi quando então se teve a terrível surpresa de um pediatra especializado, do qual pediu encaminhamento da minha primeira biópsia muscular (um procedimento do qual um pequeno pedaço do músculo é removido por meio de uma pequena incisão e este mesmo é estudado) da qual foi constatado que eu tinha “distrofia”.

Esse tipo de doença é a que evolui mais rapidamente e somente pessoas do sexo masculino a desenvolvem. Foi daí então que começou uma corrida contra o tempo, médico me deu estimativa de vida de 20 a 22 anos, minha mãe ficou apavorada demais com isso, soube que eu pararia de andar com o tempo, uma corrente elétrica dando vários choques em meus pais assim, numa só pancada. Começamos então com consultas médicas, medicações, fisioterapia, hidroterapia, minha mãe teve que se dedicar exclusivamente a mim. Faço acompanhamento no mínimo uma vez ao ano, sob os cuidados da Dr. Ana Lúcia Langer, especialista sobre essa doença, da qual cuida de mim mesmo que de longe por muitas vezes, por ser de tão difícil acesso financeiramente e fisicamente falando pois é cansativo viajar de carro até lá.

Parei definitivamente de andar aos 12 anos de idade e hoje não consigo praticar exercícios como futebol que amo tanto (as vezes pego com um taco mesmo e brinco com uma bola pequena, mais se torna um pouco mais difícil hoje em dia), gosto muito de jogar vídeo game, é o que ainda consigo fazer, ouvir músicas, ler, brincar no computador, essas coisas que se tornam um pouco mais restritas, pois canso com muita facilidade.

Há 15 anos meus pais buscam melhorar minha saúde, me manter “estável”, bem. Procuram com o pouco me dar todo conforto que conseguem, mas como se trata de uma doença tão rara, o Sistema de Saúde da prefeitura nem sempre consegue suprir as minhas necessidades. O custo é muito alto. Meu pai que sempre foi o pilar e sustento da casa, que trabalhou por toda a vida na lavoura, teve que operar urgente a coluna e travou totalmente.

Foram promovidas algumas poucas e pequenas campanhas para ajudar em alguns gastos comigo, em uma delas conseguimos arrecadar a minha tão sonhada cadeira motorizada da qual não consigo e nem posso ficar sem. Mas essa cadeira já tenho há 8 anos, está muito debilitada, não tem mais conserto, não suporta meu peso, minha largura, já está me machucando por ser apertada. Sou obeso, peso hoje na faixa de 140 Kg, não sei como minha mãe aguenta carregar. Sou assim por conta da doença, medicamentos, tomo vários medicamentos no dia a dia (pro coração, pressão, pulmão, ossos, depressão, entre outros). Para dormir já utilizo do aparelho Bipap (aparelho com uma máscara de oxigênio para dormir). Peço a sua ajuda para que eu consiga comprar uma nova cadeira motorizada.

Essa cadeira motorizada está num custo muito alto pra nossa renda familiar, minha mãe não pode trabalhar, meu pai também não. Tudo o que vier de ajuda será bem-vinda, assim como se você também quiser vir a me conhecer pessoalmente, pra ser bem sincero eu adoro receber visitas e fazer novos amigos, me sinto muito entediado só em casa. Enfim, essa é um pouco da minha história, da minha vida, espero que Deus possa a continuar abençoando aqueles que de certa forma já ajudam, já ajudaram também, sou muito grato a todos. Um abração do Matheuszinho!”

Para ajudar o Matheus, basta fazer uma doação de qualquer quantia na conta de sua mãe, conforme dados abaixo:

Conta para doação:

Rosane Kiste Minatti (Mãe de Matheus)

Operação: 013 (poupança)

Agência: 1782

Conta corrente número: 00014866-8

CPF: 780.638.179-15

Banco: Caixa Econômica Federal

Está ativa também uma vaquinha em nome de Matheus, para participar, acesse aqui: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cadeira-motorizada-do-matheus

Murillo, integrante do RC Livramento, conheceu de perto e se comoveu com a história de vida de Matheus.

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: