RC Livramento chega à terceira final consecutiva do Citadino de Futsal

A noite do dia 08 de novembro ficará marcada na história do RC, tal data, o RC Livramento confirmou presença em mais uma final do Citadino de Futsal – Série Ouro, terceira final consecutiva (2016, 2017 e 2018). Mas para chegar em mais uma final, a equipe de futsal do RC teve grande dificuldade, pois do outro lado estava uma equipe e um elenco de qualidade, que valorizou ainda mais essa vaga conquistada para a grande final.

Mais equilibrado e com uma atuação sem erros na primeira etapa, o Vitéllio teve paciência para esperar o momento certo para furar a defesa do RC e abriu o placar com Duka. O quaraiense ampliou pouco depois num chute cruzado. O RC mudou sua postura e adiantou o time e descontou com Yuri. Na etapa final o jogo ficou mais aberto, com Cesar ampliando para o Vitéllio. Yuri voltou do banco para levar o RC a reação e após uma arrancada pela ala bateu forte e descontou. Pouco depois ele trocou de lado e após tabelar com Baiano empatou a partida em 3 x 3. Com o RC garantindo a vaga, o Vitéllio usou o goleiro linha e Jeferson soltou a bomba para descolocar a equipe na frente. Matheus fez o quinto gol do Vitéllio, mas num vacilo defensivo Luciano descontou para 5 x 4, e novamente passou a ameaçar a vitória do Vitéllio. O RC aumentou a pressão na busca do empate, mas no contra ataque Duka fez o 6 x 4. Baiano ainda descontou para o RC, mas o Vitéllio garantiu a vitória e levou a decisão para a prorrogação.

No primeiro toque na bola Cadico acertou o canto de Jeferson e colocou o RC na frente. O Vitéllio tratou de correr atras e depois de um suposto toque de mão dentro da área a arbitragem marcou pênalti para o Vitéllio. Duka converteu e empatou o jogo. Na comemoração ele provocou Baiano, que revidou. Após um empurra empurra, Cesar levou o segundo amarelo e foi expulso pelo Vitéllio, assim como Cadico pelo RC. O jogo seguiu e após uma disputa com Jeferson, Yuri foi derrubado na área e o pênalti desta vez foi para o RC. Vini converteu e o primeiro tempo acabou em 2 x 1. RC. Na etapa final o jogo teve bola na trave defesas espetaculares dos goleiros e o Vitéllio pressionando na busca do empate. A grande chance surgiu no tiro livre, mas Duka parou no goleiro Dudu, do RC. Jogando no contra ataque o RC viu Yuri ser parado com falta, gerando o tiro livre. Baiano bateu e converteu ampliando para 3 x 1 na prorrogação. Na última cartada o Vitéllio tentou uma blitz final, mas acabou gerando mais uma falta e um tiro livre para o RC. Baiano bateu e decidiu o jogo em 4 x 1 RC, na prorrogação, confirmando a equipe na terceira final consecutiva da Série Ouro do Citadino, no dia 15 de novembro.

Matéria de: Sidnei Silva.

Anúncios

Comentários encerrados.